Treinador lamenta gol sofrido no final da partida

O técnico do Luverdense, Raul Cabral, reconheceu ao final do jogo de ontem, contra o Sorriso, que sua equipe não fez uma boa partida. Mesmo assim o treinador entende que sua equipe poderia ter conquistado um resultado melhor, porque teve mais oportunidade para isso. “A gente não fez um bom primeiro tempo, mas mesmo assim tivemos as melhores chances da partida. Acho que faltou um nível maior de concentração para terminar melhor as jogadas. Fizemos 1 a 0 no momento que estávamos pressionando o adversário e aí em uma jogada de lateral, tivemos uma certa desatenção e levamos o empate. Acho que o resultado é justo por aquilo que as equipes apresentaram. Vamos focar no trabalho do dia a dia, procurar corrigir o que está errado e assim fazer um grande jogo no final de semana, contra o Cuiabá” garantiu o treinador.

O Técnico do Sorriso, Arilson da Costa, também não ficou satisfeito com o resultado do empate. Para ele o mais importante na partida contra o Luverdense era recuperar a autoestima dos jogadores após a goleada de 7 a 0, sofrida para o União. “A gente vinha de uma derrota de 7 a 0 e precisávamos recuperar a equipe. Sabíamos das dificuldades que iriamos enfrentar contra o Luverdense e acho que o empate, apesar de não ser o resultado desejado, acho que ficou de bom tamanho” analisou Arílson.