Vice-governador apresenta “Internet para Todos” em Lucas do Rio Verde

O prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti, diretores e secretários municipais receberam, nesta quarta-feira (07), o vice-governador de Mato Grosso, Carlos Fávaro, o assessor especial do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), José Augusto Curvo, o “Tampinha”, e uma comitiva para falar sobre o Programa Internet para Todos, do Governo Federal.

Lançado em Mato Grosso, em dezembro de 2017, pelo ministro Gilberto Kassab, o programa tem o objetivo de promover o atendimento a localidades e distritos onde inexista oferta de acesso à internet em banda larga ou municípios que contam com prestação de serviço ineficaz. O acesso será realizado por meio do Programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão – GESAC.

Lucas do Rio Verde será um dos primeiros municípios brasileiros a contar com o serviço. “Este é um município já cadastrado e que vai receber a instalação primeiro na Groslândia e na São Cristóvão e posteriormente nas praças e outros locais que a prefeitura entender necessário. Queremos proporcionar à população de Lucas do Rio Verde internet de qualidade. A internet traz tecnificação ao campo, traz oportunidade, hoje as máquinas são hidráulicas, acionadas por sensores e que muitas vezes precisam de internet para serem operadas, também é importante pro cidadão fazer um curso à distância, se qualificar. Tenho certeza que Lucas vai continuar evoluindo com qualidade e a internet vai fazer parte desta evolução”, destacou o vice-governador. De acordo com Fávaro, o Internet para Todos começará a ser implementado ainda neste primeiro trimestre.

O assessor especial do ministério explicou que, a partir de convênios com as prefeituras, serão instaladas antenas para conectar localidades sem banda larga ou com acesso precário. Unidades de saúde e escolas também serão beneficiados por convênios firmados com os ministérios da Saúde e da Educação, respectivamente. E a população das localidades beneficiadas terá um custo bem menor para se conectar à internet. O projeto é fruto de uma parceria entre o MCTIC e o Ministério da Defesa, com investimentos estimados em R$ 2,7 bilhões.

“Éramos para ter começado este programa ainda no ano passado, mas por problemas na licitação, passamos ao plano B, que a própria empresa Telebras fará essas instalações. Duas escolas de Lucas já receberão antenas a partir de março e estas antenas têm alcance de um raio de um quilômetro, na sequência queremos avançar o benefício também para outros prédios públicos”, comentou Tampinha.

Para o prefeito Luiz Binotti, o programa é inovador e vai aproximar ainda mais as pessoas. “Estamos muito contentes por esta iniciativa do ministério em trazer o programa para Mato Grosso e quero agradecer o nosso vice-governador por ter colocado Lucas na prioridade. Com certeza os luverdenses vão ganhar muito com isso, principalmente as comunidades do interior, e vamos avançar também aqui na cidade. Esse programa inovador vai democratizar ainda mais a informação”, pontuou.

Ascom Prefeitura/Carolina Matter