Preso acusado de matar homem espancado em Lucas do Rio Verde

Um jovem, de 22 anos, foi preso, suspeito de ser o responsável pela morte de Sidarto Hagatalma Lima da Cunha, de 42 anos, que teve traumatismo craniano encefálico após ser espancado nas proximidades da rodoviária, na última sexta-feira. O investigador Wladimir Mesquita, informou, que o suspeito confessou o crime. “Durante o depoimento confirmou que estava sob efeito de entorpecentes e durante uma discussão acabou empurrando a vítima que caiu e bateu a cabeça. Ele afirmou não saber que tinha sido grave e que o homem tinha morrido”, informou.

Segundo o investigador, mesmo tendo fugido do flagrante o suspeito, que já tem outras passagens pela polícia, continua na delegacia à disposição da justiça.

Sidarto faleceu na terça-feira à noite, no hospital, e foi sepultado, hoje de manhã, em Lucas do Rio Verde. Segundo a funerária Nossa senhora e Fátima, ele deixou um filho de 19 anos.

Só Notícias